segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Tortinho

Entre as inúmeras tradições da culinária de nossa Mogi das Cruzes, está o Tortinho, salgado vendido a mais de 50 anos na Festa do Divino Espírito Santo.  O Tortinho para os mogianos ou Bolinho Caipira, fora de Mogi, mas o importante nesta relação é a tradição na confecção da iguaria. Segue a história que o antigo bolinho caipira esta presenta em nossa culinária há anos, mas com a colonização portuguesa e espanhola em nossa região no final do século XIX a receita se modifica. Nas primeiras décadas do século XX as senhoras, deixavam de por uma medida exata de farinha de milho, substituindo por metade das medidas entre farinha de milho e mandioca. Desta forma a massa torna-se mais dura e crocante, diferente o antigo bolinho caipira massa um pouco molenga. No recheio pouco se mudou, sua base continua com a tradicional carne moída, mas a mogianos que a substitui por carne seca, deixando de ser Tortinho e virando o tradicional Jeguinho . A maior transformação durante as décadas foi no formado do salgado que tornou-se meia lua, deixando a antiga aparência de kibe.

Essa iguaria só foi introduzida na festa do divino após sua fase de decadência, pós anos 1940, sendo que na década de 1950 a festa ressuscita com outras tradições. O Tortinho em conjunto com o Afogado tornaram-se as estrelas da quermesse da Festa do Divino como entre outras festas pela a cidade de Mogi das Cruzes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário